fragilização por hidrogênio

Fragilização por hidrogênio: o que é?

Inicialmente, a fragilização por hidrogênio em parafusos é um fenômeno natural e consiste na fragilização do aço. O hidrogênio faz com que a elasticidade e resistência à tração do material diminuam e, isso faz com que trincas e rachaduras apareçam.

Contudo, o aço do parafuso se torna mais frágil a medida em que o nível de hidrogênio aumenta. Logo, o resultado dessa fragilização, além da deterioração do fixador, pode ser a quebra do mesmo.

Portanto, essa fragilização acontece especialmente em itens com níveis de dureza elevados, como os itens em aço 12.9. Por exemplo, os parafusos sextavados internos e arruelas molas.

Esse fenômeno está associado a parafusos com um grau de dureza superior a 30 HRC. Portanto, esses fixadores podem ser produzidos em aço carbono ou aço liga. Tecnicamente, é a absorção do hidrogênio que torna o aço menos resistente.

A princípio, o parafuso deve passar por um processo para evitar que sofra com a fragilização por hidrogênio. Esse processo se chama desidrogenização.

Por fim, outra alternativa é usar tratamentos superficiais sem oferta de hidrogênio.

Acesse o outros conteúdos como esse clicando aqui.

Na Indufix você encontra soluções para lidar com a fragilização por hidrogênio em parafusos. Acesse: www.indufix.com.br